Sobre a Duda

Ana Cláudia, ou melhor, Duda! 25 anos (30 de março), chocólatra mas intolerante a lactose, formada em design gráfico, estudante de arquitetura e design de interiores, fotógrafa :)

Quem me conheceu quando eu era criança, me conheceu como Ana Cláudia. Depois que entrei na faculdade pedi para me chamarem de Duda!

Calma, eu explico! Pode até parecer piada ou esquisito, mas quando perguntam o meu nome eu demoro alguns segundos para responder. Sou tão acostumada a ser chamada de Duda, que dependendo da situação é como me apresento. Até aí tudo bem, não é mesmo?

Mas geralmente acontece o seguinte: A pessoa que acabei de me apresentar quer saber se eu sou Eduarda ou Maria Eduarda. Não sei por qual razão o pessoal tem essa curiosidade ou é só para ser cordial. Pois então, quando digo que me chamo Ana Cláudia a primeira reação da pessoa é me olhar com cara de “pegadinha do malandro” e logo em seguida soltam: por que você se chama Duda?
Senta que lá vem história…

Quando nasci em março de 1988 passava na TV um desenho de 3 meninas. Esse desenho pelo qual desconheço e também a memória dos meus pais não permite lembrar o nome, foi o motivo para me tornar Duda. Segundo meu pai, uma dessas 3 meninas era muito parecida comigo ou melhor, eu era parecida com ela! E então meu pai passou a chamar aquele bebezinho de Duda.
Fui chamada por todos os parentes por Duda… até meus 15 anos APENAS meus familiares sabiam disso… Deus me livre se alguém do colégio ficasse sabendo, já pensou? Já sofri muito por usar óculos hehehe mas um dia… Ahhh esse dia… Minha colega Mayara ligou para minha casa e minha mãe atendeu… Como eu estava longe minha mãe gritou:

– DUUUUUUUUUDAAAAAAAAAAAAAAAA TELEFONE!

Pronto! Meu segredo tinha sido revelado! Eu estava perdida!! E agora?? – desespero –
Ao atender falei um Alô tímido, a menina deu risada… Duda “kkk” e para a minha tranquidade ficou por isso. Ufas! Ela realmente não espalhou, mas não fiquei tranquila em divulgar meu “nome” por aí.
Só 3 anos mais tarde fiquei a vontade para divulgar para todos os meios de comunicação o meu apelido e assim quando entrei na faculdade me apresentei como Duda. Claro que toda aquele história ali em cima se repete, mas foi aceito de boa por todos e o resultado disso sabe qual é?

Acredite ou não, mas quando me chamam de Ana Cláudia, eu não atendo na primeira, juro!
Se alguém me chama de Aninha me dá até calafrios, nunca ninguém me chamou assim. :S

No geral todos me chamam pelo meu apelido. Os únicos que não chamam são aqueles que me conheceram de 2005 para trás e não acho estranho ELES me chamando pelo meu nome. Vai entender.

Essa é a história, não tem nada de mais, mas já cansei de contar ela nos últimos anos :p hehehehe
Porém achei legal compartilhar ela aqui no Chá para Dois

Theme developed by Difluir - http://themes.difluir.com